Reunião do Projeto Brasília 2060 debate o uso de novas tecnologias na área da saúde pública

abr 20 • Notícias • 670 Views • Comentários desativados em Reunião do Projeto Brasília 2060 debate o uso de novas tecnologias na área da saúde pública

“Os smartphones devem ser utilizados como um canal de acesso aberto ao conhecimento na área da saúde, tendo como finalidade o empoderamento do usuário em relação às suas próprias decisões, utilizando corretamente os serviços públicos”. A afirmação do coordenador da área temática de Saúde do Projeto Brasília 2060, Vinícius de Araújo Oliveira, norteou a reunião do projeto realizada nesta segunda-feira (18), na sede do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict).

DSC_0307Segundo o coordenador, a utilização desses dispositivos móveis traz a possibilidade de os usuários coletarem mais informações sobre a própria saúde, gerenciando o autocuidado. “Existe um oceano de oportunidades de pesquisa e de desenvolvimento. Essas tecnologias aumentam a resolutividade dos usuários do serviço de saúde e a capacidade das respostas à atenção básica. Não é a tecnologia descontextualizada, é a tecnologia como uma ferramenta para aumentar a transparência e a eficácia na prestação de serviço de saúde”, explicou Vinícius.

Especialistas, gestores e profissionais da área participaram da reunião. Na ocasião, foi apresentada a linha da base e as opções estratégicas para a área da saúde. Os documentos possuem uma análise global da situação da saúde da Área Metropolitana de Brasília (AMB), utilizando um conjunto de indicadores que mostram o atual cenário do Distrito Federal (para acessar os documentos clique aqui).

No decorrer da reunião, os especialistas integrantes da equipe de saúde do projeto levantaram aspectos como a governança da saúde pública, os problemas de gestão e de organização informacional, o mapeamento de processos e responsabilidades.

De acordo com o professor e coordenador do Projeto Brasília 2060, Paulo Egler, o Distrito Federal possui condições de ser uma grande vitrine para o país em termos de gestão pública. “O projeto é composto por várias fases. Na fase atual estamos divulgando para a sociedade os diagnósticos com informações técnicas e especificações da área de Saúde, além das outras áreas temáticas, que são Educação; Segurança Pública; Cultura, Esporte e Lazer; Ciência, Tecnologia e Inovação; bem como Mobilidade Urbana”.

Comunicação Social do Projeto Brasília 2060

Post Relacionados

Os comentrios esto fechados.

« »