Integrantes da SSP-DF detalham o funcionamento da Ciade e informam a redução no índice de homicídios no DF

maio 18 • Notícias • 812 Views • Comentários desativados em Integrantes da SSP-DF detalham o funcionamento da Ciade e informam a redução no índice de homicídios no DF

A equipe de Segurança Pública do Projeto Brasília 2060 reuniu-se com integrantes da Polícia Militar do Distrito Federal no dia 09 de maio, na sede do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). Durante o encontro, o coronel Marcos Antônio Nunes de Oliveira, Comandante-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal, conduziu uma exposição sobre a atuação da Central Integrada de Atendimento e Despacho da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social (Ciade/SSP-DF).

A apresentação ocorreu em um momento importante e estratégico no qual a SSP-DF comemora a menor taxa de índice de homicídios dos últimos 29 anos (dados de 2017). Somente entre janeiro de 2015 e abril de 2018, por exemplo, 574 vidas foram preservadas com as ações do Pacto pela Vida, uma iniciativa que prevê ações integradas entre as forças de segurança, reuniões de governança entre os órgãos públicos e demais atores sociais com vistas à obtenção de resultados e ações de prevenção de violências e promoção da cultura da paz.

Além disso, a SSP-DF tem registrado um crescimento na produtividade e qualidade dos atendimentos realizados pela Ciade. Durante a reunião, o coronel reforçou a importância da valorização, treinamento e gestão dos recursos humanos no atendimento e despacho de emergências como aspectos fundamentais para os ganhos de produtividade na gestão da SSP-DF.

“O serviço 190 é acionado no momento em que o cidadão mais precisa do suporte do ente estatal. Nesse sentido, tem sido uma realidade nacional que a polícia venha procurando melhorar cada vez mais o atendimento oferecido não apenas pelas centrais de atendimento, mas em todas as áreas”, explicou o coronel durante a reunião.

O Projeto Brasília 2060 e a Segurança Pública – O professor George Felipe de Lima Dantas, coordenador da área de Segurança Pública do Projeto Brasília 2060, detalhou que os trabalhos realizados pela equipe de pesquisa ao longo dos últimos cinco anos apontam para a importância das centrais de atendimento de emergência em todo o país. “A questão dos atendimentos de emergência tornou-se um tema focal para o resultado do componente de Segurança Pública porque pode fornecer subsídios para a formulação de políticas públicas na área. Também estamos amparando nosso trabalho com base na literatura nacional e internacional sobre o tema”, explicou George Felipe Dantas.

Para o professor Paulo Egler, coordenador do Projeto Brasília 2060, “o atendimento de emergência é talvez aquele que mais aproxima a sociedade da segurança pública no sentido de trazer respostas e soluções aos problemas que a sociedade se vê defrontada”. Paulo Egler acrescenta que tanto o trabalho na área de Segurança Pública quanto o das demais áreas temáticas do Projeto Brasília 2060 vem sendo conduzido “com o objetivo de estudar mecanismos e procedimentos para a formulação de políticas públicas no que se refere a pensar em cidades sustentáveis e sobre a atividade de resgate de planejamento”.

A diretora do IBICT, Cecília Leite, parabenizou as ações realizadas pela SSP-DF e explicou que a colaboração entre as instituições é fundamental para o sucesso das produções do Projeto Brasília 2060. “Acreditamos fortemente que os resultados do trabalho conduzido pelas equipes do Projeto Brasília 2060 podem ser norteadores importantes para todos aqueles que trabalhem com políticas públicas nas mais diversas áreas, entre elas, Segurança Pública”, disse a diretora.

Post Relacionados

Os comentrios esto fechados.

« »