Grupos focais reúnem-se para discutir as opções estratégicas de Segurança Pública do projeto Brasília 2060

dez 5 • Notícias, Segurança Pública • 1189 Views • Comentários desativados em Grupos focais reúnem-se para discutir as opções estratégicas de Segurança Pública do projeto Brasília 2060

A equipe da área de Segurança Pública do projeto Brasília 2060 realizou a primeira sessão de grupos focais oriundos da cooperação entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal (SSPDF) e o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict). O evento ocorreu para a confirmação do teor das “Operações Estratégicas” de Segurança Pública da Área Metropolitana de Brasília (AMB).

Os grupos focais foram organizados tendo como base inicial as quatro opções estratégicas traçadas na Linha de Base do tema de Segurança Pública do projeto: recursos humanos, infraestrutura material e processual, integração institucional e gestão pelo conhecimento. O coordenador do tema de Segurança Pública do projeto Brasília 2060, Dr. George Felipe Dantas, explica que o trabalho básico dos grupos focais é validar e discutir as opções estratégicas diante dos operadores da área.

“A SSPDF, de uma maneira muito cooperativa e gentil, concordou em indicar os operadores para que eles expressassem as suas opiniões sobre essas quatro opções. Nosso trabalho agora consiste em validar essas opções estratégicas diante dos operadores da segurança pública”, explica Dr. George.

Os resultados dos grupos focais serão discutidos em um workshop que será realizado em 2015 para ampliar as discussões sobre a área de Segurança Pública do projeto. “Estamos nivelando linguagem, opções, controvérsias, de cada uma dessas opções, de modo que, no grande fórum, que será o workshop, não levemos uma mensagem equivocada do que são essas opções na linguagem dos operadores”, acrescenta Dr. George.

Sobre o projeto Brasília 2060

O Projeto Brasília 2060 vem contribuir para o desenvolvimento científico tecnológico, econômico, ambiental e social do país. A implementação de projetos de pesquisa aplicada, alinhados às áreas estratégicas definidas pelo MCTI, os públicos-alvo de pesquisa, gestão pública e empresarial e os temas propostos para o estudo serão os caminhos a serem trilhados para a gestão estratégica e a sustentabilidade de cidades, tendo Brasília como foco de suas aplicações piloto. O resultado final poderá servir de subsídio para o próprio Governo do Distrito Federal e para a maioria das unidades federativas brasileiras.

Na proposta serão considerados os seguintes temas estratégicos:

* Educação;
* Saúde;
* Segurança Pública;
* Cultura, Esporte e Lazer;
* Ciência, Tecnologia e Inovação; e
* Mobilidade Urbana.

Para saber mais sobre o projeto, acesse: http://brasilia2060.ibict.br/brasilia-2060

Post Relacionados

Os comentrios esto fechados.

« »